TAG: 5 músicas que me definem

O grupo de blogs Vintage e Retrô ataca novamente! Desta vez, por uma feliz coincidência, a TAG sugerida pela Inajara do blog  Vintage & Geek casou direitinho com um dos temas do mês do grupo Rotaroots, que é Trilha Sonora da Minha Vida.
Se minha vida fosse um filme, gostaria que contasse uma história de superação. Não apenas porque sou uma pessoa dramática e costumo exagerar quando relembro os problemas do passado, mas porque sempre desejo que o amanhã seja melhor que o ontem. As músicas não foram escolhidas por ordem de preferência ou em ordem cronológica, mas surgiram assim, uma após a outra, na minha cabeça. Cabe agora a você organizar esta trilha sonora para me entender melhor:

My Way: Já havia escutado a música muitas vezes, mas só fui prestar atenção na letra em um ponto crucial da minha vida. Eu tinha quase 17 anos e não era muito feliz. Precisava lidar com traumas de bullying, tarefas exageradas e o temido vestibular. Então a letra de “My Way” fez todo o sentido para mim: eu estava no final daquela jornada, tinha alguns arrependimentos, mas ao menos tinha feito tudo do meu jeito – sendo fiel ao que eu acreditava, sem me dobrar frente às pressões dos outros.
Old Man River: Ouvir esta música uma vez no documentário “That’s Entertainment!” (um dos meus favoritos) foi o suficiente para me conquistar. Fiquei emocionada com a beleza da música que surgiu na trilha do espetáculo Show Boat e foi gravada por vários intérpretes. A letra também teve um significado profundo: o da permanência apesar dos pesares.
Asa Branca: Esta música acabou virando uma piada na minha casa. A história é a seguinte: tendo a vida toda um piano na sala, aos 11 anos eu resolvi aprender a tocar piano. Aprendi. Uma música. Apenas. E essa música é Asa Branca. Fiquei três meses na aula de piano e quis parar, mas pelo menos aprendi Asa Branca. E ainda lembro a sequência das notas de cor. Então, se quiserem que eu toque Asa Branca sem parar em uma festa (e sem precisar de partitura), entre em contato com meu empresário e negociaremos o cachê! rs
Over the Rainbow: Judy Garland, minha linda, que me faz ficar com lágrimas nos olhos! Quando vi “O Mágico de Oz”, eu tinha os mesmos 16 anos que você tinha quando fez o filme. Eu tinha problemas, e encontrei no cinema aquele mundo “além do arco-íris” em que eu fugia das preocupações. E, como tinha a mesma idade de Judy, prometi que, não importasse como as coisas desenrolassem, eu nunca perderia controle da minha vida, como Judy infelizmente perdeu.
Imagine: Eu era uma garotinha ingênua de 14 anos que achava que já sabia o que ia ser quando crescer. Para mim, estava claro que seria historiadora (hoje estudo comunicação / marketing) e ouvi a música exatamente na aula de História. Gostava do professor, gostava de quando ele me elogiava, gostava de tirar sempre 10. “Imagine” me lembra deste tempo em que o futuro parecia claro e calmo, mas isso não chega a despertar nostalgia. Tudo mudou, menos uma coisa: continuo amando os Beatles.
Este é mais um post que concorre no sorteio da loja Cottage Decore. Clique no banner para conhecê-la!

Comentários

  1. Só músicas de qualidade, isso me diz que eu iria gostar muito de você! haha
    Não sei conseguiria escolher apenas cinco, mas tenho certeza que na minha lista teria Foo Fighters, que tem me acompanhado desde a adolescência e Red Hot, que eu ouço desde criança por causa do meu irmão haha

    Beeijos!
    O Outro Lado da Raposa
    Facebook

    ResponderExcluir
  2. Adorei sua lista!
    Todas músicas são icônicas.
    Dou destaque para Imagine que é um hino e My Way. Adoro o Frank Sinatra mas nada se compara a versão dos Sex Pistols hehehehe.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  3. Amo essa música do Luiz Gonzaga, muito boa sua lista.
    bjuxx

    ResponderExcluir
  4. Fiquei curiosa pra ouvir Asa Branca na Interpretação da Leticia =D Que lindo ver Over de Rainbow em mais uma lista, quase coloquei na minha :)

    Beijos, Pri ♡
    vintagepri.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oiiii. As músicas não fazem o meu estilo, mas gostei de conhecer a sua história por trás de cada música. Também já tive muitos problemas com bullying e tudo o mais. Mas gostei de saber que assim como eu, você também superou =D
    E a vida é isso mesmo. Nós só não podemos perder o controle :)
    Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lê!
    rsrsrsr Asa Branca freneticamente?? Contatarei o seu empresário kkkkk
    Over The Raimbow e Imagine são lindas :)

    Beijos
    ​​​​​LiteraMúsicas​ | Fanpage
    >>Tá rolando uma ​​​​​Promoção Especial de Fim de Ano​ lá no blog, aproveita!
    >>​​​Já viu a ​​Maratona #SemPararDeLer? Você monta sua própria meta de leitura e ainda concorre a prêmios!

    ResponderExcluir
  7. Over The Raimbow e Imagine clássicas, gosto muito também, essa música My Way do Frank é muito boa!



    De volta ao retrô | Twitter | Facebook | Instagram

    ResponderExcluir
  8. Oi Lê!!

    Que seleção linda! Over the Rainbow também faz parte da minha tag...e My Way só tinha ouvido com o Elvis e ja amava (afinal ele é o rei) , mas Sinatra é Sinatra ele tem "A VOZ" e que interpretação divina meu Deus amei muito!

    Bjus
    www.misscherry.com.br

    ResponderExcluir
  9. Seleção de músicas perfeita! Grandes e inesquecíveis clássicos, parabéns Lê!
    Acompanhe também:
    Mix Da Cris Retrô |Facebook |Twitter |Bloglovin |Pinterest |Google Plus

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem coletiva: 5 coisas que eu quis ser

Resenha: Morada das Lembranças, de Daniella Bauer

Culturação: Cupido Literário