DPL: minha vida daria uma charge

Quem nunca se divertiu e se identificou com uma charge, tirinha ou cartum publicados em um jornal ou revista? E assim surgiu mais uma missão do Desafio Pocket Literário, comandado pelos blogs Os Literatos, Dobradinha Literária e Sphera Geek. Desta vez, temos de escolher cinco tirinhas, charges ou cartuns sobre temas pré-determinados, fazer uma alusão a um sentimento que está presente atualmente em nossa vida e criar uma legenda. Vamos lá?

DICA: clique nas tirinhas para vê-las em tamanho maior!

Amor / Zoeira:

Dona Anésia é uma vovó rabugenta, estrela dos trabalhos do Will Tirando. Ela apareceu até na prova do ENEM!

O que essa tirinha representa? REJEIÇÃO. Quem nunca foi rejeitado na vida (por alguém de quem gostava, por uma universidade...) que atire a primeira pedra. Os escritores estão bem acostumados com esse sentimento: não são poucas as vezes que somos rejeitados pelas editoras (e pelos leitores!) antes de ter algum sucesso.

Política:

A sinceridade e a ingenuidade das crianças são os ingredientes principais das tiras de Armandinho. O garotinho sempre consegue fazer seus leitores refletirem através de comentários simples e estarrecedores. O menino é um fofo e um filósofo, mas preciso confessar: eu gosto mesmo é do sapo.

Essa tirinha me desperta muitos sentimentos, e sentimentos muito presentes no pós-eleição: VERGONHA de alguns eleitores-manifestantes do Facebook, CRÍTICA em relação ao que leio por aí, e muita VONTADE de dizer para os eleitores descontentes que devemos cobrar dos candidatos eleitos, e não esperar quatro anos para voltar a reclamar. FLW, VLW. 

Esperança:

Este é um trabalho clássico do cartunista Henfil. Você provavelmente já deve tê-lo visto em algum livro didático. 
A tira me faz pensar não só em ESPERANÇA, mas também em AUTOCONFIANÇA. Porque nós fazemos o nosso futuro. Temos a decisão em nossas mãos e algumas boas oportunidades pela frente. Atualmente, estou me sentindo esperançosa e confiante sobre o futuro :) 

Preconceito:

Você nunca sofreu bullying? Sorte sua. Porque eu me identifiquei com esta tirinha (embora eu não me pareça com o Pato Donald). 
Entretanto, na tirinha há também ESPERANÇA. Porque, às vezes, para ter um futuro bacana (e saber dar valor a ele) é preciso sofrer um pouco antes.

Entretenimento (eu acho):

Não dá para falar de tirinhas sem mencionar a Turma da Mônica!

Essa tirinha em particular me faz pensar em DIVERSÃO, e também em algo INESPERADO. Esses são dois ótimos ingredientes para os escritos de qualquer autor!

Comentários

  1. Eu adorei tuas escolhas. Principalmente o do Armandinho, realmente é tudo que você falou. É simples, mas traz uma reflexão gigantesca. E o sapo é um charme né? haha Só assim mesmo, na vida real não. rs
    Beijos
    Lendo & Apreciando

    ResponderExcluir
  2. Oi Lê!
    Já tinha lido tudo pra fazer o controle de pontos, só que não tive tempo de comentar...
    Você foi incrível nessa segunda parte :)
    Adorei as tirinhas, ri muito com a primeira kkkkk

    Beijos
    ​​​​​LiteraMúsicas

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Blogagem coletiva: 5 coisas que eu quis ser

Resenha: Morada das Lembranças, de Daniella Bauer

Quiz: qual personagem você é?